Análise da obra “O Príncipe” de Nicolau Maquiavel.

MaquiavelRESUMO: A obra de Maquiavel “O Príncipe”, escrita em 1513 e publicada em 1532, por muito tempo foi alvo de muitas controvérsias. Pretendo com esta análise da obra, fundamentado especificamente no capitulo XXIV, porém utilizando-me de toda a obra escrita, demonstrar que em “O Príncipe” Maquiavel defende a centralização do poder político, levando em consideração a conjuntura política da descentralização da Itália no século XVI, e não propriamente defende o absolutismo como muitos ate os dias atuais acreditam. Portanto utilizarei os conceitos explicitados em O Príncipe, tais como, principado novo, principado velho, virtu, prudência, as armas do estado e as boas leis, para fundamentar a ideia de que a finalidade de Maquiavel em exortar ao príncipe sobre as formas deste de se manter no estado, é essencialmente visando a estabilidade e consolidação de um Estado fortificado e preparado contra qualquer ofensa que venha a ser cometido, atingindo o bem do povo e do Estado.


Temas gerais: principado novo, principado velho, virtu, prudência, as armas do estado e as boas leis.

Tema especifico: “A estabilidade do principado” fundamentado no seguinte argumento: “As coisas ditas acima , se observadas prudentemente, farão um príncipe novo parecer antigo e logo o tornarão mais seguro e firme em seu estado do que se nele já fosse antigo.” (O Príncipe, cap. 24).

ANÁLISE: MAQUIAVEL “O PRINCIPE”

————————CONTINUAR LENDO.

Anúncios

Sobre Douglas G. Fernandes

Professor de História graduado pela UNIMESP e Filosofia graduando pela UNIFESP. Autor do Portal Alexandria.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: